25ºC max
15ºC min
Clima em Ibaiti-PR
PRINCIPAL
NOTÍCIAS
PARANÁ TEM 62 CANDIDATOS IMPEDIDOS E 115 COM PENDÊNCIAS; VEJA A LISTA

O candidato ao governo do Paraná Ogier Buchi (PSL) teve a candidatura infederida pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Depois de aprovar o nome de Ogier Buchi em convenção, em agosto, o PSL seguiu orientação do presidenciável da legenda Jair Bolsonaro, que resolveu de última hora apoiar o candidato Ratinho Junior (PSD), e não registrou a candidatura própria no Estado. Ogier Buichi insistiu e fez o registro por conta própria. Agora recorreu da decisão unânime do tribunal que rejeitou a candidatura. O nome dele ainda vai aparecer nas urnas.

O Paraná tem 14 candidatos que foram impedidos de concorrer. Outros 62 tiveram as candidaturas indeferidas, mas entraram com recurso, e poderão disputar; e 115, como o candidato ao Senado Beto Richa (PSDB), ainda dependem de decisão do TRE, mas serão julgados somente depois das eleições. O prazo para julgar as impugnações terminou na última segunda-feira (17).

Segundo balanço do TRE divulgado nesta quarta-feira (19), 1064 candidatos tiveram as candidaturas aprovadas no Paraná. Outros 29 desistiram de concorrer depois de fazer o registro. Entre as candidaturas que não tiveram julgamento concluído, e devem ser julgadas depois das eleições, está a do ex-governador Beto Richa. A impugnação, ou contestação, foi feita pelo Ministério Público Eleitoral e partidos adversários.

Um dos processos está em sigilo. É referente à condenção de Richa por escala não autorizada em Paris em 2015 durante viagem oficial. O TRE negou tornar Richa inelegível, mas o MPE entrou com recurso. Outra ação foi movida pelo MDB do senador Roberto Requião, candidato à reeleição, que questiona a atuação de Richa em eventos oficiais do governo mesmo após ter se desincompatibilizado. De acordo com o TRE, não houve tempo hábil para concluir os julgamentos. O registro de Richa, portanto, está sub judice, ou seja, o nome do candidato vai para a urna e depois será julgado.

Chapa do PSL de Bolsonaro está comprometida

Entre os outros casos, a chapa majoritária do PSL, partido de Jair Bolsonaro, está praticamente toda contestada no Paraná. A candidatura de Ogier Buchi, ao governo, foi indeferida pelo TRE. Por unanimidade, os magistrados do Tribunal acataram impugnação da Executiva Nacional do partido, que contestou o registro individual do próprio candidato. A ação do partido, segundo a Executiva, foi motivada por uma decisão de Bolsonaro.

Ogier Buchi é o único entre os dez candidatos ao governo do Paraná que teve a candidatura indeferida. Ele declarou que vai recorrer e, por enquanto, segue autorizado a manter a campanha sub judice até decisão final do Tribunal Superior Eleitoral.

A candidata do PSL ao Senado, Rolelaine Ferreira, também teve o registro indeferido. O motivo, segundo o TRE, é ausência de documentos obrigatórios ao registro. O outro candidato ao Senado do PSL, Professor Wilson Picler, desistiu de concorrer.

Clique aqui e veja se seu candidato desistiu, se está na lista de políticos com registro impedido ou se tem com problemas de julgamento. 

Entre os candidatos a deputado estadual Élcio Aparecido Perin, o “Mister Bim” (PRTB), que foi personagem de reportagem no Bem Paraná. (Leia aqui). Ele recorreu e aguarda decisão do TRE. 

Colaboração BemParaná

TIPO:  ATUALIDADES 
FOTOS
Últimos Acontecimentos
Todos os direitos reservados a Informativo a Voz de Ibaiti